CrazyDreams

Calma vida, uma dor de cada vez

— Mariana Lavine (via velhos-retratos)

(via velhos-retratos)

24 Setembro 2014 reblog: velhos-retratos


Calma vida, uma dor de cada vez

— Mariana Lavine (via velhos-retratos)

(via velhos-retratos)

24 Setembro 2014 reblog: velhos-retratos


Calma vida, uma dor de cada vez

— Mariana Lavine (via velhos-retratos)

(via velhos-retratos)

24 Setembro 2014 reblog: velhos-retratos


Dessa forma, eu digo: não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter alguém ao seu lado, ou de fazer algo, por puro medo de ser feliz. A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente… não voltará mais.

 Mário Quintana  (via im-bebado)

(Fonte: que-seja-leve, via im-bebado)

7 Setembro 2014 reblog: que-seja-leve


Isso me deu medo…

tagood:

            

OMFG!

(Fonte: night---call, via ingridingles)

23 Julho 2014 reblog: night---call


sologatos:

41282

sologatos:

41282

(Fonte: catleecious)

10 Novembro 2013 reblog: catleecious


sologatos:

41284

sologatos:

41284

(Fonte: catleecious)

10 Novembro 2013 reblog: catleecious


szuzipole:

poletroupe:

Bendy Kate (in the middle) at the Tuscany Pole Arts Summer Camp.


Thisis just awesome!

szuzipole:

poletroupe:

Bendy Kate (in the middle) at the Tuscany Pole Arts Summer Camp.

Thisis just awesome!

8 Agosto 2013 reblog: poletroupe


celiabasto:

100% ART

8 Agosto 2013 reblog: celiabasto


Sabe aquela ressacaa de domingo.

Sabe aquela ressacaa de domingo.

21 Julho 2013


19 Julho 2013 reblog: dancersaretheathletesofgod


4 Julho 2013 reblog: deixa-o-vento-soprar


ryanishka:

coltonwestdance:

David Donnelly

pretty sure he’s my friend’s roommate so that makes fangirling awkward

ryanishka:

coltonwestdance:

David Donnelly

pretty sure he’s my friend’s roommate so that makes fangirling awkward

(Fonte: cutttthroat, via waswritten-maktub)

28 Junho 2013 reblog: cutttthroat


28 Junho 2013 reblog: a-t-o-m-i-c


apenasmaisumrockstar:

Nunca entendi muito bem essa parte de sexo frágil. 

São elas que tem mudanças corporais brutas, que tem que aguentar cólicas menstruais, TPM, uma (ou mais) gestação de 9 meses, com uma barriga enorme e pesada, contrações, um parto muitas vezes naturais. São elas que tem uma jornada tripla no dia. Trabalham pela manhã, são mães pela tarde e esposas pela noite. 
Passaram por tantas dificuldades!
Ainda na pré-história, eram tidas como fracas e deviam cuidar das famílias. Pela era medieval, não passavam de donas-de-casa. Já no século XX eram reprimidas e não tinham nem poder de voto. E no século XXI tem de aguentar criaturas que se dizem homens e as fazem sofrer.
Sexo frágil?
Só queria entender onde.
À vocês, mulheres, tenho três coisas a dizer.
Primeira: Parabéns. Parabéns por aguentar tudo que aguentam, por suportar tudo que suportam e ainda assim sustentar um sorriso no rosto e um brilho no olhar.
Segundo: Me desculpe. Peço desculpas em nome da sociedade em geral, por muitas vezes ser omisso e preconceituoso.
Terceiro: Muito obrigado. Obrigado por gerir nosso futuro, obrigado por fazer o mundo ser mais suave, obrigado pelas muitas palavras doces e animadoras, obrigado pela feminilidade que vocês deixam florescer.
Feliz dia internacional da mulher.

Gustavo Azevedo

apenasmaisumrockstar:

Nunca entendi muito bem essa parte de sexo frágil. 

São elas que tem mudanças corporais brutas, que tem que aguentar cólicas menstruais, TPM, uma (ou mais) gestação de 9 meses, com uma barriga enorme e pesada, contrações, um parto muitas vezes naturais. São elas que tem uma jornada tripla no dia. Trabalham pela manhã, são mães pela tarde e esposas pela noite.
Passaram por tantas dificuldades!
Ainda na pré-história, eram tidas como fracas e deviam cuidar das famílias. Pela era medieval, não passavam de donas-de-casa. Já no século XX eram reprimidas e não tinham nem poder de voto. E no século XXI tem de aguentar criaturas que se dizem homens e as fazem sofrer.
Sexo frágil?
Só queria entender onde.
À vocês, mulheres, tenho três coisas a dizer.
Primeira: Parabéns. Parabéns por aguentar tudo que aguentam, por suportar tudo que suportam e ainda assim sustentar um sorriso no rosto e um brilho no olhar.
Segundo: Me desculpe. Peço desculpas em nome da sociedade em geral, por muitas vezes ser omisso e preconceituoso.
Terceiro: Muito obrigado. Obrigado por gerir nosso futuro, obrigado por fazer o mundo ser mais suave, obrigado pelas muitas palavras doces e animadoras, obrigado pela feminilidade que vocês deixam florescer.
Feliz dia internacional da mulher.

Gustavo Azevedo

(Fonte: seminconsciente, via o-rockstar)

8 Março 2013 reblog: desabafodeumnerd